click here for english version
Procurar

Fórum
Usuário

Senha





A reprodução, total ou parcial, das informações contidas nessa página é permitida sempre e quando for citada a fonte.
ATIVIDADES DE DIFUSÃO E POPULARIZAÇÃO DA CIÊNCIA E TECNOLOGIA

O projeto “INCA DE PORTAS ABERTAS PARA O ENSINO MÉDIO”, em consonância com as diretrizes da Política Nacional de Atenção Oncológica e com o Programa Saúde na Escola (PSE), instituído pelo Decreto Presidencial nº 6.286/2007, surgiu como uma política intersetorial entre os Ministérios da Saúde e da Educação, na perspectiva da atenção integral (prevenção, promoção e atenção) à saúde de crianças, adolescentes e jovens do ensino básico da rede pública brasileira. Dentre as ações propostas pelo PSE considera-se que muitas estão relacionadas à causalidade de câncer na população, compreendendo que a escola é um local com um contexto social e cultural complexo que desempenha múltiplo papel interagindo e influenciando o comportamento dos alunos. É, portanto, uma importante aliada no estabelecimento de ações voltadas à melhora da qualidade de vida da população, modificando o ambiente em seu entorno. Esse Projeto foi apresentado e aprovado pela FAPERJ, edital no 15/2010, Difusão e Popularização da Ciência e Tecnologia no Estado do Rio de Janeiro.

O projeto teve como objetivos: (1) Qualificar os discentes dos programas de ensino e pesquisa quanto às estratégias pedagógicas; (2) Promover a integração das ações educacionais entre professores do Ensino Médio e pesquisadores; (3) Incentivar as estratégias para promoção, prevenção, detecção precoce e controle do câncer; (4) Divulgar as ações de ensino, pesquisa, assistência e gestão; (5) Promover a inserção de estudantes e professores nos projetos de pesquisa e ensino direcionados à atenção oncológica.

Para atender aos objetivos, foi conduzido um projeto de intervenção realizado com discentes do ensino médio de escolas públicas localizadas no Município do Rio de Janeiro.

O projeto foi desenvolvido em duas fases:

1. Projeto piloto desenvolvido no Colégio Estadual Monteiro Carvalho. Endereço: Rua Almirante Alexandrino nº 2495 – Santa Teresa - Rio de Janeiro.

2. Projeto desenvolvido no Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes. Endereço: Estrada do Itararé, 690 – Ramos – Rio de Janeiro.

 

DESENVOLVIMENTO DO PROJETO

A 1ª fase do projeto foi realizada no Colégio Estadual Monteiro de Carvalho, no dia 05 de outubro de 2011, no horário de 8 às 14 horas.

Participaram do evento 679 alunos do ensino médio regular, na faixa etária de 14 a 17 anos. O evento envolveu ainda a participação de 50 professores e funcionários do Colégio, 8 alunos do Curso de Graduação da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), 2 alunos de pós-graduação stricto sensu do INCA e 10 tecnologistas do INCA (Coordenação de Educação e da Coordenação de Prevenção e Vigilância)

Foram desenvolvidas as seguintes atividades:

1. Apresentação do vídeo institucional do INCA.

2. Atividade do Armazém da Saúde com participação de 8 (oito) alunas do Curso de Graduação em Nutrição da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO).

3. Apresentação do Filme sobre os Fatores de Risco de Câncer.

4. Apresentação da Boneca Altina (cujo nome é a mistura das palavras alcatrão e nicotina – demonstrando como os pulmões ficam depois de impregnados por estas duas substâncias).

5. Depoimentos de 2 (dois) alunos de pós-graduação da Coordenação de Pesquisa (CPQ) do INCA.

6. Distribuição dos materiais educativos: livro-jogo “Encruzilhadas - o Jogo da Vida”, folhetos e brindes do INCA.

7. Lanche de encerramento.

8. Distribuição de brindes e folhetos.

 

Após a realização desse evento, a avaliação realizada pelos profissionais envolvidos identificaram a necessidade de rediscutir a intervenção, considerando que a abrangência do conceito de “educação para saúde” prevê o desenvolvimento e a aplicação de novas práticas como estratégia de otimização da atividade informativa de acordo com contexto social a que deve ser aplicada.

Assim, a estruturação do projeto foi elaborada com vistas a uma ação continuada, envolvendo os alunos da Pós Graduação stricto sensu que, por meio da elaboração da atividade prática a ser levada às Escolas Públicas de Ensino Médio, teriam ao mesmo tempo sua formação pedagógica e inserção social sendo desenvolvidas em atividade estratégica institucional, de disseminação das ações desenvolvidas para prevenção e controle do câncer no Brasil.

Dentro deste contexto optamos por iniciar a 2ª fase do INCA de Portas Abertas para Ensino Médio capacitando os alunos da pós-graduação stricto sensu para o desenvolvimento e implementação das atividades junto a Escola Pública.

Visando atingir aos objetivos do projeto, a nova fase contemplou diferentes etapas, sendo apresentadas de acordo com os objetivos propostos: (1) Qualificação dos discentes dos programas de ensino e pesquisa do INCA quanto às estratégias pedagógicas; (2) Promoção da integração das ações educacionais entre professores do Ensino Médio e pesquisadores; (3) Incentivo de estratégias para promoção, prevenção, detecção precoce e controle do câncer; (4) Divulgação das ações de ensino, pesquisa, assistência e gestão desenvolvidas pelo INCA; (5) Promoção da inserção de estudantes e professores nos projetos de pesquisa e ensino direcionados à atenção oncológica.

 

1. Qualificação dos discentes dos programas de ensino e pesquisa do INCA quanto às estratégias pedagógicas

Foi elaborada por professores e pesquisadores, a disciplina “Educação em Saúde”, criada para atender especificamente às atividades vinculadas ao escopo desse projeto. A proposta foi de preparar nossos estudantes de pós-graduação stricto sensu em oncologia, para a transformação de seu conhecimento teórico e prático sobre câncer, em informações de fim preventivo contra a doença. Foi estruturado um programa multidisciplinar, contendo: docente responsável, público-alvo, objetivos, ementa, programa, avaliação (anexo 1).

A disciplina foi oferecida como eletiva, estando dividida basicamente em dois módulos. O 1o módulo de base teórica, com objetivo de oferecer informações atualizadas sobre estratégias de detecção precoce, tratamento e questionamentos mais comuns referentes a alguns tipos de tumores. Também nesse bloco foram fornecidos subsídios de ordem pedagógica para o trabalho no 2o módulo - referente à elaboração da atividade prática.

No quadro 1 estão listados os alunos participantes e os Laboratórios/Linhas de Pesquisa a aos quais estavam vinculados no momento de sua participação na disciplina e implementação do projeto.

 

 

Quadro 1 - Relação dos alunos vinculados ao Programa de Pós-graduação em Oncologia participantes da Disciplina Educação em Saúde (ano 2012).

 

 

ALUNO DIVISÃO/CHEFE DE LABORATÓRIO PROJETO DE TESE
Fernanda COSTAS (Graduação em Ciências Biológicas, Mestranda INCA) Orientador: Raquel Maia- CEMO (Centro de Transplante de Medula Óssea) Abordagem genômica para estudo do mecanismo de ação de um novo composto sintético com atividade antitumoral na Leucemia Mielóide
Hanna SOARES PEREIRA (Graduação em Biomedicina, Mestranda INCA) Orientador: Hector Nicolas Seuànez Abreu – Genética / INCA e UFRJ Avaliação Quantitativa do padrão de metilação das regiões DMRH19 E KVDMR em pacientes com possíveis alterações epigenéticas em 11P15.
Leticia CASADO (Graduação em Pedagogia. Doutoranda INCA) Orientador: Luiz Claudio dos Santos Thuler – Epidemiologia Clínica Avaliação do Tratamento do Fumante em Unidades de Saúde do Município do Rio de Janeiro
Priscila PEREIRA SENA (Graduação em biomedicina, Mestranda INCA) Orientador: Fernando Regla Vargas –Genética/ INCA e UNIRIO Diagnóstico molecular de mutações no gene RB1 em pacientes com retinoblastoma e seus familiares: implicações para o aconselhamento genético
Rejane REIS (Graduação em Licenciatura Plena em Ciências Biológicas. Doutoranda INCA) Orientador: Maria do Socorro Pombo-de-Oliveira - Medicina Experimental Fatores associados ao risco de desenvolver leucemia aguda em crianças de 0 5 anos de idade
Valdimara VIEIRA (Graduação em Ciências Biológicas. Doutoranda INCA) Orientador: Marcelo Alves Soares – Genética/ INCA e UFRJ Fatores virais e do hospedeiro associados a persistência da infecção pelo HPV em uma coorte de gestantes HIV-1 positivas

Fonte: Plataforma Lattes, CNPq 2012.


Além dos estudantes matriculados na disciplina Educação em Saúde, participaram dessa etapa, profissionais, alunos e pesquisadores do INCA, que desenvolveram atividades conforme detalhamento no quadro 2.

 

Quadro 2 - Descrição dos profissionais colaboradores no Projeto

PROFISSIONAL FUNÇÃO/CARGO FUNÇÃO NO PROJETO
Anke Bergmann Pesquisadora; Chefe da Divisão de Ensino Elaboração e coordenação do projeto, Responsável técnico
Luis Felipe Ribeiro Pinto Pesquisador; Coordenador de Ensino e Coordenador da Pós-graduação em Oncologia Elaboração e coordenação do projeto
Luiz C. S. Thuler Pesquisador Elaboração e coordenação do projeto
Suse Dayse Silva Barbosa Pesquisadora; Coordenador de Atividades Extra-muros da Pós-graduação Gerente do Projeto
Luciane Souza Soares Supervisora da Área de Ensino Multiprofissional Coordenador Pedagógico
Andréia Pires Dantas Analista C&T – Gestora da Pós-graduação Coordenação Logística
Elizabeth A. P. Teixeira Analista Administrativo Logística
Tamiris Lima de Morais Analista Administrativo Logística/financeiro
Sueli Couto Chefe da Área de Alimentação, Nutrição e Câncer Organização das atividades do “Armazém da Saúde”
Isabel de Souza Carvalho Nutricionista Docente
Dorival Lobão Veras Médico Docente – Câncer de Pele
Vanessa Ferreira Franco Médica Docente – HPV e Câncer
Marcela Roiz Saldanha Tecnologista/Equipe Tabagismo Docente – Câncer e Tabaco
Fernanda Melo Nogueira Tecnologista/Equipe Tabagismo Docente – Câncer e Tabaco
Andrea Reis Tecnologista/Equipe Tabagismo Docente – Câncer e Tabaco
Nélia B. C. Ribeiro Odontóloga Docente – Prática Pedagógica
Eugênia Granado Tecnologista Junior/Pesquisa Tutor
Matheus Andrade Rajão Tecnologista Junior/Pesquisa Tutor (Visita ao CPQ)
Patrícia Reid Veterinária/Pesquisa Tutor (Visita ao CPQ)
Albert Rahul Menezes Pós doutorando Tutor (Atividades práticas)
Bianca Amaral Barbosa Pós doutorando Tutor (Atividades práticas)

 

 

 

2. Promover a integração das ações educacionais entre professores do Ensino Médio e pesquisadores.

 

 

Por que a Escola Tim Lopes?

A Escola Tim Lopes fica localizada no Complexo do Alemão, que reúne 14 favelas com uma população de cerca de 70 mil pessoas, sendo 3,8 mil adolescentes com idade entre 15-17 anos (IBGE, 2010). Iniciativas de incentivo ao empreendedorismo e acesso à capacitação profissional têm chegado a essas comunidades por meio de parcerias entre os governos federal, estadual e municipal, poder judiciário e organizações não governamentais. 

 

A comunidade do Complexo do Alemão se espalha por cinco bairros da Zona Norte do Rio de Janeiro. De acordo com os dados do IBGE, o Índice de Desenvolvimento humano (IDH) está entre os menores da cidade - 0,711. Em 2008 foi lançado o PAC (Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal) no Complexo do Alemão - um conjunto de políticas públicas para o crescimento econômico, criação de infraestrutura urbana e de saneamento, na expectativa de que as mudanças geradas repercutam positivamente a nível social.

 

 

A implementação do Projeto Inca de Portas Abertas nessa comunidade nos pareceu absolutamente pertinente e alinhada à política de desenvolvimento dessa área e missão institucional.

Em vista disso, fizemos um primeiro contato com a Escola. Após a apresentação do escopo geral do projeto ficou claro o interesse por parte da direção no estabelecimento de uma linha de compromentimento com o INCA no sentido de garantir a partilha de responsabilidades sobre o projeto, que seria implementado em dois momentos (período da manhã e da tarde) para os alunos do 3º ano do Ensino Médio da escola, perfazendo um total de aproximadamente 300 alunos.

Na figura 1, apresentamos um esquema geral representativo da área de localização da escola e estrutura física.

Foi realizada então uma reunião junto aos professores para que fosse discutida as interfaces entre o projeto a ser implementado pela equipe INCA e os processos pedagógicos a cargo deles na Escola. Após a apresentação foi dada, aos professores participantes, a oportunidade de expor suas idéias, críticas e sugestões para a proposta apresentada. Após essa reunião foram absorvidas as seguintes sugestões: Presença de profissionais do INCA e UNIRIO na escola para apresentação de seminários dirigidos a comunidade para discussão de temas relacionados a câncer; Participação de professores no curso ABC do Câncer; Visita dos alunos da escola, que tivessem participado do evento, aos laboratórios do INCA; Fornecimento de material de apoio a ser utilizado durante as aulas como introdução ao tema ou material de apoio para seleção dos alunos que participariam da visita ao INCA. Na figura 2, ilustramos algumas das reuniões entre a Equipe do Projeto e Escola nessa etapa.

 

FIGURA 1: Imagens representativas do Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes. Em (A) esquema representativo da área e bairros periféricos; (B) imagem aérea do local; (C) foto da fachada da escola; (D) espaço interno de uma das salas de aula utilizadas durante o projeto.

 

FIGURA 2: Imagens representativas da estrutura física do CE Jornalista Tim Lopes. Em (A) discussão entre discentes da pós graduação envolvidos no projeto e coordenadora da Escola. Em (B) vista aérea do grupo sobre a área de circulação. Em (C) e (D) imagens da área no piso superior e quadra respectivamente.

 

No quadro 3 segue a relação nominal dos professores da escola envolvidos e em seguida exemplos do material fornecido pela equipe INCA para realização das atividades coordenadas pelos professores da escola como suporte ao projeto, adequado de acordo com as disciplinas por eles oferecidas (FIGURA 3).

 

Quadro 3 – Relação de profissionais da Escola participantes do projeto

Diretora Maria Cristina Fernandes Costa
Professores Joana Araujo
Felipe Rozza
Henrique Martins
Rose A. da Silva
Renata M. Amaral
Carlos A. Velozo
Vera Lucia Barbará
Alica M. Coelho
Ana Cristina F. Costa
Julio Azevedo

 

FIGURA 3: Exemplo de Material Repassado a equipe de Professores da Escola Tim Lopes para reforço das atividades desenvolvidas ou introdução ao tema sobre Prevenção contra o Câncer.

 

 

3. Incentivar as estratégias para promoção, prevenção, detecção precoce e controle do câncer

 

 

O trabalho foi divido em duas etapas principais. Na 1ª etapa, conduzida no auditório da escola, foi feita uma apresentação geral para todos os alunos (cerca de 150 alunos/turno) com a finalidade de oferecer informações sobre epidemiologia (Brasil e Mundo – nº de casos novos e mortalidade), etiologia e prevenção de diferentes tipos de câncer.

Depois disso os alunos foram conduzidos ao terceiro andar da escola onde foi oferecido lanche e em seguida passou-se a 2ª etapa onde os alunos foram subdivididos em subgrupos para execução das atividades práticas. Cada grupo com aproximadamente 30 alunos foi encaminhado para uma das salas alocada para elaboração de uma atividade interativa sobre os tipos de câncer abordados na 1ª etapa. Foi feito um rodízio com os grupos e ao final da atividade interativa foram entregues informativos de campanha a respeito da problemática discutida. No encerramento das atividades todos os grupos foram reencaminhados ao auditório, onde foi conduzida, de modo informal, a finalização com os agradecimentos, sugestões e pedido que cada aluno preenchesse uma ficha de avaliação sobre o evento.

Segue imagem representando as diferentes etapas de implementação do projeto (FIGURA 4) e um dos produtos do evento elaborado pelos alunos da escola. O material foi cedido à direção do Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes.

Na FIGURA 5, demonstramos algumas atividades desenvolvidas no colégio.

 

 

FIGURA 4: Foto do banner oferecido ao Colégio com imagens do Evento: Inca de Portas Abertas – edição 2012.

 

 

 

FIGURA 5: Imagens representativas do Evento Inca de Portas Abertas para Ensino Médio. Em (A) grupo de estudantes participando da prática “Armazém da Saúde” selecionando alimenos consumidos habitualmente, e outro grupo (B) participando da discussão com uma das nutricionistas a respeito dos alimentos selecionados. Em (C) estudantes que participando da customização de camisas (D) dentro da atividade com o grupo anti tabagismo.

 

No quadro 4, descrevemos a sequência de organização do evento e atividades propostas, enquanto que no quadro 5, o progresso medido de acordo com os critérios previamente estabelecidos.

 

Quadro 4: Grupos e Atividades previstas dentro de cada grupo

Objetivos ATIVIDADES PREVISTAS

Abertura: Equipe INCA e Coordenação da Escola

 

 

Apresentação para todos os alunos e professores envolvidos, com a finalidade de oferecer informações sobre a epidemiologia (Brasil e Mundo – nº de casos novos e mortalidade), a etiologia e a prevenção de diferentes tipos de câncer. Divulgação sobre o trabalho do Instituto Nacional de Câncer nos domínios da Assistência, Ensino, Pesquisa e Prevenção contra o Câncer.

Apresentação de Vídeo Institucional; Discussões conduzidas por Alunos da Pós Graduação em Oncologia.

Lanche

 

 

Aproveitar o momento de descontração e interatividade para reforçar os conceitos discutidos anteriormente e inferir sobre os hábitos alimentares.

Foi oferecido um lanche saudável composto de: suco, iogurte de garrafinha, 2 frutas (banana e maçã), sanduíche natural (queijo e blanquet) e cookie integral na varanda do piso superior.

Grupo: Anti-Tabagismo e Prevenção contra Câncer de Pulmão

 

 

Objetivo: Divulgar informações sobre os malefícios do ato de fumar para assegurar a prevenção de várias doenças crônicas, entre elas diversos tipos de câncer. .Informar aos alunos quais os componentes tóxicos presentes no cigarro, bem como orientá-los sobre os riscos do desenvolvimento de diversos cânceres tabaco relacionados, isto é, atribuídos ao uso do cigarro. Orientar sobre quais os meios que auxiliam na cessação do fumo. Informar sobre as medidas tomadas pela indústria do tabaco para conquistar o público jovem, deixando claras as intenções pouco nobres dessa indústria.

Discussão e customização de camisetas com temas antitabagismo

Grupo: Prevenção contra HPV e Câncer de Colo de Útero

 

 

Objetivo: Divulgar informações para assegurar a prevenção do papilomavírus humano - HPV, causa principal do câncer do colo do útero; Contribuir, de forma significativa, para a boa prática de relacionamento interpessoal, dando destaque à importância da prevenção do HPV nas relações sexuais (uso do preservativo, quantidade de parceiros, higiene, etc...). Apresentar aos alunos as variantes do câncer do colo do útero, desde seu estádio inicial até o mais grave; Divulgar, em informativo, a Clínica da Família/ Posto de Saúde da área com seus horários de atendimento, em destaque para a clínica de ginecologia.

Quiz “Amor e Sexo com Prevenção”

Grupo: Prevenção contra Câncer de Pele

 

 

Objetivo: Divulgar informações sobre os malefícios da exposição solar nos horários de maior incidência dos raios ultravioleta, de forma a prevenir o câncer de pele. Mostrar aos alunos como a exposição prolongada ao sol de maneira indevida e o uso de bronzeadores podem ser danosos, bem como orientá-los sobre as formas de se proteger contra os raios ultravioleta.

Criação de Panfletos informativos sobre como se prevenir e com os melhores horários para exposição ao sol; Criação de Banner informativo: “Câncer de Pele: você pode evitar”

Grupo da Nutrição -“Armazém da Saúde”

 

 

Objetivo: Divulgar informações sobre como fatores dietéticos podem contribuir para a carcinogênese e progressão e como o controle da doença parece estar relacionado a hábitos alimentares, consumo de gorduras, carnes, produtos lácteos, frutas e vegetais, fibras, fitoestrógenos e outros componentes dietéticos.

Prática da escolha de alimentos no Armazém da Saúde e discussão com grupo de nutricionistas.

 

Quadro 5 - Atividades Realizadas e Progresso Medido (Turno da Manhã)

GRUPO N° de alunos previsto No de Alunos Participantes %
Turno Manhã
Abertura-Vídeo Institucional 150 150 100%
Distribuição do Lanche 150 150 100%
Anti-Tabagismo e Prevenção contra Câncer de Pulmão 150 120 80%
Prevenção contra HPV e Câncer de Colo de Útero 150 120 80%
Grupo Prevenção contra o câncer de Pele 150 120 80%
Grupo da Nutrição -“Armazém da Saúde” 150 120 80%
Turno Tarde
Abertura-Vídeo Institucional 130 100 76,9%
Distribuição do Lanche 130 90 69,2%
Anti-Tabagismo e Prevenção contra Câncer de Pulmão 104 90 90,4%
Prevenção contra HPV e Câncer de Colo de Útero 104 90 90,4%
Grupo Prevenção contra o câncer de Pele 104 90 90,4%
Grupo da Nutrição -“Armazém da Saúde” 104 90 90,4%

 

 

 

4. Divulgar as ações de ensino, pesquisa, assistência e gestão desenvolvidas pelo INCA.

 

 

Após o evento foram selecionados 12 estudantes do Colégio Estadual Jornalista Tim Lopes para visita guiada às instalações de áreas da Pesquisa do Inca. O objetivo foi de apresentar as atividades desenvolvidas na instituição, inclusive como incentivo à busca de oportunidades de trabalho dentro da carreira científica.

Uma vez mais contamos com a participação dos estudantes da Pós-graduação em Oncologia, que participaram desde elaboração do fluxo da visita, até acompanhamento e discussão com os alunos a área de criação de animais e laboratórios de pesquisa.

Inicialmente foi apresentado o fluxo de trabalho geral da instituição, nas suas diferentes frentes de atuação: ensino, pesquisa e assistência. Em seguida os alunos de pós-graduação envolvidos no projeto aproveitaram para dar seu depoimento pessoal de como iniciaram em suas carreiras, as dificuldades encontradas, satisfações, trabalho científico em que estavam envolvidos, e pretensões futuras.

 

A visita foi organizada da seguinte maneira:

 

 

a) Recepção dos estudantes: apresentação da missão institucional e estrutura física – Coordenador de Ensino, Coordenadora do Projeto, Gerente do Projeto.

b) Apresentação sobre “o que é o câncer” e, na forma de um “case report”, como é feita a manipulação de um dado material que pode ser utilizado tanto no diagnóstico quanto nas atividades de pesquisa – Elaborado e apresentado pelos alunos da Pós Graduação em Oncologia e colaboradores (TABELAS 1 e 2).

c) Visita a algumas áreas do biotério e da pesquisa.

d) Retorno dos estudantes; lanche e avaliação da atividade

 

5. Promover a inserção de estudantes e professores nos projetos de pesquisa e ensino direcionados à atenção oncológica

Todos os professores da Escola foram convidados a realizar o Curso de Atualização a Distância “Abordagens Básicas para o Controle do Câncer – ABC do Câncer” (FIGURA 6) e receberam o material didático do curso (FIGURA 7).

FIGURA 6: Curso de Atualização ABC do Câncer.

 

FIGURA 7: Capa do Material didático do Curso de Atualização ABC do Câncer.

 

A inserção dos professores da Escola nos projetos de pesquisa do INCA ocorreu na área de Epidemiologia Clínica, sob a coordenação do pesquisador Luiz Claudio Santos Thuler. O professor de matemática, Henrique Martins, encontra-se em fase de elaboração do um projeto de pesquisa “FATORES DE RISCO E DE PROTEÇÃO DE CÂNCER EM ESTUDANTES DO ENSINO MÉDIO” que tem como objetivo identificar a prevalência de exposição a fatores de risco e de proteção associados ao desenvolvimento de câncer entre estudantes do ensino médio. Serão incluídos estudantes matriculados no ensino médio matriculados em escolas públicas e privadas localizadas no Município do Rio de Janeiro. O ensino médio foi escolhido pelo fato de os alunos terem, em sua maioria, idade acima de 14 anos, já tendo adquirido habilidades necessárias para responder ao questionário auto-aplicável e por já se encontrarem suscetíveis à exposição de diversos fatores de risco. Após definido esse perfil, o projeto visa desenvolver intervenções nos moldes do “INCA DE PORTAS ABERTAS” para avaliar o impacto desse projeto na redução da exposição pessoal e familiar dos principais fatores de risco para câncer.

 

ALOCAÇÃO DOS RECURSOS FINACEIROS

Para a realização das atividades nas escolas, bem como na visita ao INCA, os recursos foram alocados, conforme demonstrado no quadro 6:

 

Quadro 6 – Alocação de recursos

Descrição Valor
Lanche saudável como forma de divulgação da prevenção do câncer R$6.433,91
Transporte para profissionais e alunos da Pós-graduação Stricto sensu do Inca, bem como para a visita dos alunos do ensino médio ao Inca R$2.610,00
Armazém da saúde: alimentos frescos e caixotes R$540,79
Material para Customização (Blusas, bonés e bolsas, cola colorida, tinta, moldes de desenhos, fitas, etc.) R$7.897,83
Jogo Amor & Sexo (aluguel e roupas para manequim) R$798,30
Qualificação dos alunos da Pós-graduação do INCA (Livro o Segredo de Luisa) R$399,00
Ferramentas para preparo das apresentações nas escolas (Hard Drive, Programa Adobe Captivate 6.0, Edição de vídeo, Pen drive) R$6.584,00
Equipamento utilizado nas apresentações nas escolas (Datashow, Impressora Multifuncional, Passador de slides, Caixa de som Ativa, Suporte caixa de som Ativa, microfone, cabo PC, Notebook e bolsa) R$6.683,68

 

 

CONSIDERAÇÕES FINAIS SOBRE O PROJETO

O projeto atingiu aos objetivos propostos, tendo incluído, no total, 959 alunos e 60 professores do ensino médio, 10 alunos do stricto sensu do INCA e seus respectivos orientadores, 8 alunos do Curso de Graduação em Nutrição da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO) e 30 profissionais de diferentes coordenações do INCA.

O desenvolvimento do projeto evidenciou a possibilidade de integrar as atividades de assistência, ensino, pesquisa, extensão e gestão direcionadas para o controle do câncer.

 

 

ANEXO 1

 

 

MATRIZ DA DISCIPLINA EDUCAÇÃO EM SAÚDE

 

DOCENTES RESPONSÁVEIS: Luis Felipe Ribeiro Pinto e Luiz Cláudio Thuler

PÚBLICO-ALVO: Discentes do Stricto Sensu do INCA

OBJETIVOS: Refletir sobre as ações educativas que o profissional pode desenvolver em contribuição à prevenção e controle do Câncer no Brasil, na perspectiva da integralidade; Conceituar Educação / Educação em Saúde / Educação na Saúde / Integralidade; Relacionar Educação e Saúde; Identificar o profissional da saúde no papel de educador; Realizar práticas educativas em saúde, para públicos diferenciados; Implementar ações educativas – o seu planejamento, confecção de materiais, aplicação e avaliação.

EMENTA: Fundamentos da Educação; Introdução à Educação em Saúde; Educação Permanente; Profissional de saúde enquanto educador social; Elaboração de Projeto de intervenção Prática em Educação e Saúde; Produção de Material Didático e Paradidático para Educação em Saúde;

PROGRAMAÇÃO: As aulas estão previstas para segundas-feiras, quartas-feiras e sextas-feiras, das 9:00hs às 12:00hs, conforme detalhes nos quadros 1 e 2.

AVALIAÇÃO: A avaliação será cumulativa, no decorrer de toda a Disciplina, e a avaliação final será realizada com base no resultado das atividades práticas realizadas durante o evento - “INCA de Portas Abertas para o Ensino Médio”.

 

QUADRO 1 - ATIVIDADES TEÓRICAS

UNIDADE DIDÁTICA CONTEÚDO CARGA HORÁRIA DATAS
I - Introdução à Educação 1.1 Concepções de Ensino-aprendizagem; 1.2 Educações Formais, Não formais e Informais; 1.3 Interdisciplinaridades; 1.4 Planejamentos de Atividades Educativas; 1.5 Avaliações (Diferentes concepções); 1.6 Materiais Didáticos e Paradidáticos. 9 hs 02/04, 04/04, 09/04
II - Introdução à Educação em Saúde 2.1 Educação Permanente em Saúde; 2.2 Política de Educação Permanente em Saúde 3 hs 11/04
III - Profissional de saúde enquanto educador social 3.1 Formação para a Prevenção e Controle do Câncer no Brasil 3 hs 13/04
CARGA HORÁRIA TEÓRICA 15 hs

 

QUADRO 2 - ATIVIDADES PRÁTICAS

ATIVIDADES PRÁTICAS CARGA HORÁRIA DATAS

Temas A SEREM TRABALHADOS:

1. Tabagismo e Álcool;

2. Alimentação e sedentarismo;

3. Câncer de pele;

4. Infecção (hpv);

5. Câncer;

6. Experiências pessoais (alunos stricto).
Apresentação dos docentes responsáveis pelos temas; divisão do grupo para o desenvolvimento dos projetos de prática 6 hs 16/04 e 18/04
Orientação para: Planejamento de ação educativa; preparação do material educativo; e execução do evento “INCA de Portas Abertas para o Ensino Médio” 12hs 20/04, 25/04, 27/04; 02/05
Apresentação dos projetos construídos em Seminário para o grande grupo 3 hs 04/05
Estudos dirigidos: planejamento e produção do evento 4hs --
Realização do evento “INCA de Portas Abertas para o Ensino Médio” 5hs --
CARGA HORÁRIA PRÁTICA 30 hs

 

CARGA HORÁRIA TOTAL - 45hs

@ copyright 2011 | Este site é melhor visualizado em 1024 x 768